Sarah Jain Pelada nua Bella da Semana Julho 2016

Sarah Jain Pelada nua Bella da Semana Julho 2016

Sarah Jain Pelada nua Bella da Semana Julho 2016

Sarah Jain – A nova modelo do Bella da Semana é peculiar em diversos aspectos. Ela nasceu nos Estados Unidos, foi fotografada na Califórnia e é bastante conhecida nas redes sociais por ser uma espécie de embaixadora da maconha. Sarah Jain, que muitos dizem lembrar a atriz Jennifer Aniston, fuma maconha medicinal e não tem papas na língua quando fala sobre o assunto.

Vale lembrar que, nos Estados Unidos, o consumo da erva é liberado para tratamentos medicinais. Essa gringa vai dar o que falar! Veja agora o resultado de mais um trabalho feito pelo fotógrafo australiano Adam Parsell, especialmente para o Bella da Semana.

 

Nome: Sarah Jain
Data de nascimento:  11 de maio de 1983.
Natural de:  São Marcos, Texas, Estados Unidos.
Mora em: São Francisco, Califórnia, Estados Unidos.

Medidas
Altura: 1,62 m.
Cintura: 58 cm.
Busto: 81 cm.
Quadril: 81 cm.
Pés: 35.

Sarah, você é um ícone no Instagram e em outras redes sociais principalmente por apoiar o consumo de maconha. Você poderia nos contar um pouco mais sobre sua paixão pela planta? Como gosto de dizer, “a erva tem o meu coração”. Sou apaixonada por maconha desde que era nova. Me mudei para a Califórnia para que pudesse fumar livremente. Queria combinar minha careira de modelo/atriz com a administração da maconha desde o início. Meu amor pela planta me levou a lugares incríveis ao redor do mundo. Morei nas Mecas da maconha em Amsterdã e Barcelona, porém a costa oeste (Califórnia) é melhor. Quando morei em Barcelona, organizei minha primeira competição de ‘chefs’ da planta, que batizei de Hash Masters Challenge. Erva de boa qualidade está para a Cannabis como um bom vinho ou cerveja artesanal estão para o álcool. Há diversas semelhanças entre os dois – ambos são servidos em um copo ou quartzo, ambos são consumidos em pequenas quantidades, com o objetivo principal em aproveitar o sabor ao invés de apenas ficar ‘chapado’. Eu sempre quis divulgar essa cultura internacionalmente e o desafio foi um ótimo ponto de partida. Atualmente tenho eventos agendados na Califórnia e na Espanha, e ainda quero ir para a Jamaica.

Sabemos que você fuma com propósitos medicinais. Pode nos contar um pouco mais sobre isso? Sou celíaca (intolerante ao glúten) e tenho TEPT (transtorno de estresse pós-traumático). Uso a maconha para regular meu humor, estimular meu apetite e acalmar o estômago, além de como relaxante. Fumar também ajuda com minhas cólicas. Funciono melhor com Cannabis do que sem. Percebi isso desde cedo e me automedicava para aliviar essas condições. Um pouco mais velha, percebi que eu não estava errada e a ciência comprovava o que eu já sabia no meu subconsciente. Toda a minha família se beneficiou com o consumo da planta.

Aqui no Brasil, como provavelmente você sabe, tem gente que é a favor da legalização da maconha e tem gente que é contra… Não desistam e não se acomodem. Continuem lutando pelos seus direitos. O processo pode parecer lento no início e sua opinião pode ser vista como errada em um primeiro momento, mas com o tempo as pessoas vão perceber que é o correto, que o mundo inteiro está acordando e que a legalização é um efeito dominó que não pode ser parado.

Você é tratada com preconceito por algumas pessoas por causa disso? Às vezes, mas sou muito otimista, uma vez que o preconceito e o estigma diminuíram bastante. No mínimo, é um bom tópico para um bate-papo. Percebo que muitas pessoas são curiosas sobre o assunto, muitas delas nunca fumaram e querem saber mais sobre isso.

Bom, vamos falar agora sobre sua carreira como modelo. Que outros trabalhos você fez? Sempre trabalhei tentando integrar minha paixão por Cannabis e meu trabalho de modelo e atriz. Além disso, fiz um pouco de tudo. Fiz comerciais de televisão, clipes musicais, filmes, campanhas de moda, trabalho para material impresso, material promocional e fotos sensuais.

Em que sentido esse trabalho para o Bella da Semana, um site brasileiro, é diferente dos trabalhos que você já fez para outros sites, nos Estados Unidos? Me parece que a mente é mais aberta e que incita maior empoderamento feminino.

Quais são os seus objetivos profissionais agora? Trabalhar na divulgação do meu evento, o Hash Masters Challenge, e eventualmente lançar minha própria marca de maconha.

O que você faz quando não tem ninguém olhando? Danço nua.

É difícil manter a forma? Não, eu sigo um estilo de vida saudável e uma dieta balanceada, sou celíaca e vegetariana na maior parte do tempo. Incluo pilates e ioga na minha rotina matinal e tento caminhar o máximo possível, especialmente quando tenho a opção de subir utilizando as escadas ou fazer alguma trilha. Tento também fazer sexo sempre que possível (risos). Encontrei uma forma de aproveitar a sobremesa e ainda assim ser saudável – e devo agradecer ao Brasil, já que sou apaixonada por açaí. Consumo uma tigela todos os dias!

O que te excita na cama? Confiança, a vontade de testar coisas novas, química, o desejo de causar desejo no outro, um bom fumo.

E o que te desanima na cama? Caras controladores demais, muito agressivos, que gozam muito rápido e que não têm respeito pela mulher.

Você pratica algum esporte? Na verdade, não sou muito fã da maneira como os esportes têm sido usados para dividir e controlar um grande segmento da sociedade. Adoro estar em atividade e fazer exercícios, mas não curto competição.

O que é importante em um homem, na sua opinião? Um amor pela maconha, inteligência e a habilidade de manter uma conversa interessante, que saiba se divertir e fazer o outro rir, que tenha senso de aventura, que goste de viajar e que não seja controlador – eu basicamente preferiria ter um melhor amigo do que um namorado.

Você é capaz de tudo quando está apaixonada? Minha vida amorosa quase destruiu minha vida.

Qual o lugar mais bonito onde já esteve? Pergunta difícil! Há tantos lugares lindos… Califórnia (todo o Nordeste do Pacífico é lindo), Havaí, Espanha e São Martin também são maravilhosos.

O que você faz quando tem um tempo livre? Fumo, vou à praia…

Qual o melhor aspecto de ser modelo? Viajar e conhecer o mundo, conviver com pessoas incríveis e experimentar coisas novas.

E qual a maior dificuldade nesse ramo? Sofrer assédio sexual, ser perseguida, julgada e observada – além de sempre estar com frio.

Você poderia deixar uma mensagem a todas as pessoas por aqui, que já se apaixonaram por você e pelo seu trabalho? Sou muito grata pelo apoio de vocês. Pontos bônus se vocês são homens que sabem apreciar uma mulher como uma pessoa com direitos e valores iguais, tanto na rotina do dia a dia, quanto na cama. Aprendam a apreciar nossa sexualidade sem se tornarem assustadores e pratiquem seu autocontrole quando nos virem com pouca roupa ou nuas em situações que não sejam sexuais. E fumem mais Cannabis!

fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-sexy-belas (1)fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-sexy-belas (2)fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-sexy-belas (4)fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-sexy-belas (5)fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-sexy-belas (6)fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-sexy-belas (7)fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-sexy-belas (8)fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-sexy-belas (9)fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-walp-sexy-belas (1) fotos-sarah-jain-nua-bella-da-semana-walp-sexy-belas (2)

Agora Veja o ensaio Completo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

Tenha todas elas Grátis pra você!

Nós também odiamos spam